Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2017

MODA DE SER 'TRANSGÊNERO' TEM ARRASTADO ADOLESCENTES,ALERTA RENOMADO PSIQUIATRA AUSTRALIANO

Moda do ‘ser transgênero’ tem arrastado adolescentes, alerta psiquiatra“Um deles me disse, ‘Doutor Steve… eu quero ser transgênero, é o novo negro”, relata Um renomado psiquiatra australiano está fazendo uma grave denúncia: crianças e adolescentes estão se identificando como transgêneros por acharem que isso está em alta. O Dr. Stephen Stathis, diretor de uma clínica de gênero em um hospital infantil de Brisbane, na Austrália, é responsável por diagnosticar casos de disforia de gênero, caracterizada por uma forte e persistente sensação de identificação com o gênero oposto, além de desconforto com o seu próprio sexo. Ele diz que muitos adolescentes estão apenas confusos sobre sua sexualidade ou pensam que isso os tornará “populares”. O especialista reclama que a mídia tem transformado a situação em “tendência”, o que influenciaria facilmente os mais novos. “Um deles me disse, ‘Doutor Steve… eu quero ser transgênero, é o novo negro”, relata. Ele disse ter visto meninas querendo se identific…

CRESCE O PERCENTUAL DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES NO BRASIL QUE PROCURAM INFORMAÇÕES SOBRE MARCAS OU PRODUTOS NA INTERNET

Cresce o percentual de crianças e adolescentes que procuraram informações sobre marcas ou produtos na Internet
Pesquisa do Cetic.br revela também que 42% dos jovens usuários da rede tiveram contato com publicidade não apropriada para a sua idade, de acordo com seus pais ou responsáveis
Em 2016, 48% dos usuários de Internet de 11 a 17 anos buscaram informações sobre marcas ou produtos na Internet, um crescimento de 19 pontos percentuais em relação a 2013, quando essa proporção era de 29%. É o que aponta a quinta edição da pesquisa TIC Kids Online Brasil do Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br), realizada pelo Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic.br), do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br). De acordo com o estudo, embora a televisão continue sendo o principal meio de exposição à publicidade ou propaganda (80%), cresceu o percentual dos usuários de Internet de 11 a 17 anos que tiveram contato com conteúdos mercadológi…

A TRISTE GERAÇÃO QUE TUDO IDEALIZA E NADA REALIZA

A triste geração que tudo idealiza e nada realiza
Demorei sete anos (desde que saí da casa dos meus pais) para ler o saquinho do arroz que diz quanto tempo ele deve ficar na panela. Comi muito arroz duro fingindo estar “al dente”, muito arroz empapado dizendo que “foi de propósito”. Na minha panela esteve por todos esses anos a prova de que somos uma geração que compartilha sem ler, defende sem conhecer, idolatra sem porquê. Sou da geração que sabe o que fazer, mas erra por preguiça de ler o manual de instruções ou simplesmente não faz. Sabemos como tornar o mundo mais justo, o planeta mais sustentável, as mulheres mais representativas, o corpo mais saudável. Fazemos cada vez menos política na vida (e mais no Facebook), lotamos a internet de selfies em academias e esquecemos de comentar que na última festa todos os nossos amigos tomaram bala para curtir mais a noite. Ao contrário do que defendemos compartilhando o post da cerveja artesanal do momento, bebemos mais e bebemos pior. Entende…

VÍCIO EM REDES SOCIAIS PODE CAUSAR ANSIEDADE,MAU HUMOR E EM CASOS GRAVES,DEPRESSÃO

O que é FoMO? 'Fear of missing out' revela o medo de ficar por fora nas redes sociais Vício em redes sociais pode causar ansiedade, mau humor e, em casos graves, depressão.
Checar oFacebooka cada cinco minutos, ir a um evento pensando nos posts para oInstagram, rolar a timeline doTwitteraté que não tenham mais novidades. Se você reconhece os sintomas, isso pode ser sinal de FoMO. A sigla para "Fear of Missing Out", ou medo de estar perdendo algo, em português. Orkut vê depressão e ansiedade no Facebook; Hello vai ganhar versão web A síndrome, descrita pela primeira vez em 2000, é um dos principais sintomas de que alguém está viciado em redes sociais e pode causar desde angústia e mau humor até depressão. Segundo especialistas, o medo é identificado principalmente em jovens e adultos até 34 anos, mas pode afetar pessoas de qualquer idade.
O que é FoMO?
O FoMO foi citado pela primeira vez em 2000 por Dan Herman e definido anos depois por Andrew Przybylski e Patrick McGinnis …

INSTAGRAM É A PIOR REDE PARA A SAÚDE MENTAL DE ADOLESCENTES

Instagram é a pior rede para a saúde mental dos adolescentes As redes sociais mais populares são fonte de inumeráveis benefícios e vantagens para seus usuários, mas também geram efeitos colaterais pouco saudáveis. Um novo estudo, realizado entre jovens britânicos, aborda um problema muito particular: o bem-estar e a saúde mental dos usuários de tais serviços. Segundo esse trabalho, o Instagram poderia acabar sendo a rede social mais nociva entre os adolescentes, por seu impacto na saúde psicológica dessa faixa etária mais vulnerável. Atrás dele, embora também com notas negativas, estariam Snapchat, Facebook e Twitter. A única rede avaliada positivamente é o YouTube, o portal de vídeos da gigante Alphabet.
“Os jovens que passam mais de duas horas por dia em redes sociais como FacebookTwitter e Instagram estão mais propensos a sofrerem problemas de saúde mental, sobretudo angústia e sintomas de ansiedade e depressão”, diz o estudo, realizado pela Real Sociedade de Saúde Pública do Rein…

AUTOMUTILAÇÃO,UM FLAGELO DOS JOVENS NO MUNDO CONTEMPORÂNEO

O QUE É A AUTOMUTILAÇÃO ?

Automutilação (AM) é definida como qualquer comportamento intencional envolvendo agressão direta ao próprio corpo sem intenção consciente de suicídio. Os atos geralmente têm como intenção o alívio de dores emocionais e em grande parte dos casos, estão associados ao Transtorno de Personalidade Borderline. As formas mais frequentes de automutilação são cortar a própria pele, bater em si mesmo, arranhar-se ou queimar-se. A automutilação é comum entre jovens e adolescentes que sofrem pressão psicológica.


DefiniçãoAutomutilação refere-se a comportamentos onde demonstráveis feridas são autoinfligidas. A maioria das pessoas que se automutilam estão bastante conscientes de suas feridas e cicatrizes e tomam atitudes extremas para escondê-las dos outros. Eles podem oferecer explicações alternativas para suas feridas, ou tapar suas cicatrizes com roupas. A pessoa que se automutila não está, usualmente, querendo interromper sua própria vida, mas sim usando esse comportamen…