Pular para o conteúdo principal

SÍNDROME DA ALIENAÇÃO PARENTAL(SAP)

Resultado de imagem para Síndrome da alienação parental(SAP)

Síndrome da alienação parental(SAP)

Luiza Fletcher • 29 de abril de 2015

A Síndrome da Alienação Parental (SAP) caracteriza-se principalmente pela rejeição, sem nenhuma justificativa, por parte de um filho por algum dos seus pais. Mas o detalhe dessa situação é que esse sentimento de desamor não surge de maneira “natural”, e , sim, é algo “programado” pelo outro progenitor com quem a criança convive ou passa a maior parte do tempo.
Fundamentalmente, nesta desordem, os filhos são usados sem consideração, ignorando o dano psicológico permanente que o progenitor alienador está causando. É como muitos de nós nos perguntamos: é possível que um pai use indiscriminadamente um filho com a única finalidade de se vingar ou atingir o outro progenitor?

Desenvolvimento do SAP: Mãe versus Pai

Habitualmente, essa situação se desenvolve em situações de separação ou divórcio, nas quais, obviamente, a custódia física e moral dos filhos está em jogo. É dessa forma que o progenitor que é responsável pelo filho a maior parte do tempo (alienador) incita na criança sentimentos de ódio, rejeição e humilhação do outro progenitor (alienado).
O alienador faz o papel de vítima diante dos seus filhos, papel no qual joga a culpa no outro progenitor pela separação, fazendo com que os filhos se sintam traidores aos se relacionar com o pai rejeitado. Nessa patologia, o alienador realiza aquilo que se considera uma lavagem cerebral em seu filho, que chega ao ponto de mentir ou realizar falsas declarações contra o pai alienado para não perder o afeto do progenitor com quem convive.

Consequências do SAP: Psicológicas e Físicas

Na Síndrome da Alienação Parental, o alienador é consciente das ações que realiza e dos efeitos que tais ações têm sobre o cônjuge. Entretanto, ignora o fato de que usar seu filho para causar danos ao outro progenitor deixa cicatrizes irreparáveis no bem-estar da criançaSendo assim, a criança pode chegar a ter graves perturbações no seu comportamento porque a sua própria capacidade de racionalizar foi manipulada.

Vamos ver como se manifestam alguns danos nos filhos que vivem essa situação:
Alteração na Estabilidade Emocional:é uma das principais consequência da SAP, caracterizada por um sentimento de ansiedade e estresse, que algumas crianças experimentam quando estão em contato com o progenitor alienado (aquele do qual foi afastado emocionalmente).
Transtorno nos hábitos cotidianos, como alimentação e o sono:a criança se sente confusa e incapaz de enfrentar a situação. Este estado de ânimo, por sua vez, não lhe permite conciliar o sono ou comer adequadamente.
Perturbações na Conduta:refletidas no aumento da agressividade da suas ações aos demais. Fazem isso para chamar atenção e manifestar as emoções que não conseguem expressar livremente.

Como lidar com a Síndrome da Alienação Parental?

Os profissionais da área recomendam que o menor continue em contato com o progenitor alienado. Isso vai garantir que a relação entre pai ou mãe e filho não seja completamente extinta. Da mesma forma, recomenda-se não fazer reprovações ou criticar a conduta da criança porque isso só aumentaria a SAP.
Obviamente, a solução definitiva da Síndrome de Alienação Parental depende principalmente de uma mudança de mentalidade do progenitor alienadorEssa mudança contribuirá para que o menor e o progenitor alienado voltem a ter uma relação estável que lhes foi negada pela atitude negativa do outro progenitor. Normalmente, essa mudança não é fácil, razão pela qual pode ser necessária a assistência psicológica para o pai alienador e, melhor ainda, para todos os familiares envolvidos, tanto adultos quanto crianças.
Manipular um filho nunca é aceitável sob nenhum conceito, mas especialmente quando a estabilidade emocional e psicológica do pequeno está em jogo. O fim simplesmente não justifica os meios.
___


 Resultado de imagem para Síndrome da alienação parental(SAP)

Postagens mais visitadas deste blog

GERAÇÃO Z REVOLUCIONARÁ O MUNDO

PUBLICADO EM 24/02/15 - 03h00 INTERNET
‘Geração Z’ e a necessidade de ficar conectado o dia todo Padrões de consumo, de socialização e de informação sofreram mudanças
Paris, França. Velocidade? Sim. Paciência? Não. Redes sociais? Sim. Livros? Não. Ambição? Sim. Obediência? Não. Videogames? Sim. Esportes? Não. Fique de olho na “geração Z”, apressada, pragmática, autônoma e teimosa. Esses 2 bilhões de jovens nascidos depois de 1995, com a internet, estão decididos a construir uma vida distante dos códigos e das aspirações dos mais velhos. São “mutantes”, como são denominados por alguns pesquisadores, 
Fascinados por sua fusão com o mundo digital. Eles navegam em várias telas e estão acostumados ao “tudo ao mesmo tempo, agora”. Soa normal pagar muito pelo último smartphone e, ao mesmo tempo, baixar gratuitamente filmes e músicas na internet. Os códigos dos adultos parecem defasados para eles, que gostam das marcas “rebeldes” e se informam, sobretudo, por meio das redes sociais, segundo estudos r…

O QUE É A GERAÇÃO Z E O MERCADO DE TRABALHO E DE CONSUMO ?

O que é Geração Z?
07/05/2013 Com frequência ouvimos muitos temas que discorrem a respeito da geração Y, porém uma nova geração vem despontado, a geração Z.

Com relação a idade, a geração Y é composta por jovens de 20 a 30 anos, e a geração Z por crianças e adolescentes de até 17 anos.

São os jovens que enquanto estudam a televisão fica ligada, ou mesmo podem estar postando em suas redes sociais e ouvindo música, ou seja estão acostumado a realizar ações com pluralidade.

A geração Z, semelhantes aos seus antecessores, são jovens inquietos, menos fiéis as marcas e adaptadas a realizar tarefas múltiplas. A diferença, entre ambas, é que a Z apresenta as mesmas características só de que maneira mais acentuada, uma vez que desenvolveu junto com os avanços tecnólogicos mais recentes.

Os especialistas apontam que é a geração Z é compreendida como uma geração que nasceu atrelada ao mundo de tecnologia, sendo impossível dar continuidade nas tarefas cotidianas sem a internet, smartphones, computadore…

O SIGNIFICADO DA AMIZADE COLORIDA

O SIGNIFICADO DA AMIZADE COLORIDA O que é Amizade Colorida:
Amizade colorida é um tipo de relacionamento onde há interação ou intenção sexual entre os envolvidos, mas isso não significa que sejam amigos. A diferença da amizade colorida para a amizade tradicional é a intimidade física que faz parte do relacionamento, não implicando compromisso com o parceiro. A tradução de amizade colorida para inglês é friends with benefits, cuja tradução literal é "amigos com benefícios". A amizade colorida tem as características de um namoro oficial, com beijos, abraços, carícias íntimas etc., mas não há as mesmas obrigações, como fidelidade, por exemplo. Surge a qualquer momento, seja com um amigo de infância, que passa a ser visto de forma diferente, seja com uma pessoa que conheceu numa festa e gostaria de voltar a encontrar, mas sem compromisso. Pode acontecer de uma delas (ou mesmo as duas), se apaixonar e querer levar a relação para algo mais sério. As consequências podem ser o término da …